Meu tour 90% gastronômico em Londres – parte 2

o-que-fazer-em-londres

O que fazer em Londres? Neste artigo, uma visita ao Food Hall da Harrods, um passeio pelo Hyde Park, Notting Hill, incluindo a Portobello Road.

Não poderia encerrar a viajem sem ir ao Food Hall – a sessão de comida – da Harrods, a famosa loja do Mohamed Al-Fayed, pai do namorado da Lady Di. Dos lugares que visitei há nove anos, esse foi o único que fiz questão de voltar.

É uma farra, você não sabe para onde olha de tanta comida boa, o astral é ótimo e o lugar é lindo! Cada parte tem uma decoração diferente, lustres, afresco, azulejos, pintura. Um capricho! Para completar, o atendimento é à la Disney (funcionários sorridentes dizendo Good Morning, Madam, how can I help you?) e ainda com sotaque britânico, claro! Sorria, Letícia, você não está na França!

londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods

Tem padaria, confeitaria, comida japonesa, sanduíches, queijos, presuntos, saladas, comida internacional, árabe, italiana, frutos do mar, caviar, geléias, chocolates, chás, cafés, vinhos e até… frutas e legumes!

londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods
londres harrods

Se você estiver pensando: por que raios a Letícia está elogiando tanto o Food Court da Harrods se ela tem a La Grande Épicerie de Paris, que é parecida? Bem, sou completamente apaixonada pela Grande Épicerie!

londres harrods

Além das fotos, fiz um vídeo meio longuinho, mas bem completo no andar gourmet da Harrods:

Lá vende os bolos da Fiona Cairns, a confeiteira que fez o bolo de casamento de Kate e William. Provei e lembro exatamente do gosto do “danado” até hoje. Tem algumas opções de massa e recheio e escolhi o mais tradicional, de frutas. Lembra um bolo de natal com frutas cristalizadas, mas é mais molhadinho e você quase não vê as frutas. Merece todo esse sucesso. Tem gente que acha que esse tipo de bolo é “de velho”, mas gosto desde criança. E se você é um desses, ela tem os clássicos de chocolate também.

Se você quer uma refeição mais barata, compre alguma comida feita lá (saladas, carnes, diversas opções) para levar e coma feliz no hotel ou em um parque. Se você quer se dar um trato, opte por comer lá mesmo, nos “corners” de frutos do mar, comida italiana etc. Isso sem dizer nos vários restaurantes espalhados pelos andares da loja.

 

No primeiro dia comprei essa salada tailandesa (foto acima) e levei para o hotel. Estava uma delícia, até a hora que vi um cabelo e não consegui mais comer. O encanto pela Harrods diminui, mas não deixei de voltar lá no dia seguinte, já que no primeiro dia cheguei quando ela já estava quase fechando e não pude aproveitar muito.

tour gastronomico em londres

Comprei saladas de lula-choco e de grão de bico, cenoura, romã, queijo de cabra, raspas de laranja e um tempero maravilhoso e fui comer no Hyde Park (fotos acima), já que ele ficava no caminho para a minha próxima parada, o bairrozinho de Notting Hill (fotos abaixo).

tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres

tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres

Não conhecia Notting Hill e fiquei encantada. Me deu o “click” como poucos lugares que visitei no mundo já fizeram. É lindo, parece que parou no tempo, cheio de vida por causa do mercado Portobello Market na Portobello Road e parece uma cidade cenográfica mesmo. O Will (personagem do Hugh Grant no filme “Um lugar chamado Notting Hill”) não estava lá, uma pena! Rs.

tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres
tour gastronomico em londres

E foi na charmosa livraria Books for Cooks, no mesmo quarteirão que a Notting Hill Bookshop, a livraria onde o Will trabalhava, que eu eu comprei um livro especial. Se chama Favourite Recipes e é uma seleção das melhores receitas testadas e modificadas de todos os livros vendidos lá. Fiz uma delas, uma salada de carne com molho apimentado que ficou uma delícia.

Clique no link a seguir para saber sobre a Parte 1 do meu passeio gastronômico em Londres.

Harrods: 87-135 Brompton Rd  Knightsbridge. Metrô Knightsbridge. Seg-Sáb 10h-20h, Dom 11:30h-18h.

Portobello Market em Notting Hill: metrô Notting Hill Gate. Seg-Qua 09h-18h, Qui 9h-13h, Sex-Sáb 9h-19h.

Fotos e vídeo: Cozinha vibrante

  1. Cacio Paiva Duarte disse:

    Muito bom seu Blog e muito bom seus posts. Viajo Bastante e conheço bem muito dos lugares que vc comenta e a cada comentário ou video, viajo no tempo e me sinto no lugar. Acho que temos gostos bem parecidos. Você deve conhecer o Borough Market em Londres,não? Já postou alguma coisa de lá?
    Parabéns mais uma vez!

  2. Virginia disse:

    Seus tours gastronômicos são ótimos! De dar água na boca! Os dois sobre Londres estão bonitos, gostosos e super interessantes pelos lugares que escolheu para visitar!

  3. Isabela Discacciati disse:

    Curti! E o café da manhã tradicional, encarou?
    Abraços

  4. Amélia Machado Bittencourt disse:

    Lê, vc esta ótima nos seus comentários, da vontade de,estar lá, juntinho com vc, curtindo tudo isso. Parece que vc vê coisas que a gente não consegue ver, de tanta emoção que vc coloca nas suas palavras. Adorei. Continue assim. Te amo. Bjs.

  5. Muito obrigada, Jussara.
    Sabe que não gosto muito das minhas fotos no blog? Elas perdem muita qualidade quando reduzo o “peso” delas em pixels. Aliás, estava até para te perguntar isso: como você faz? As suas ficam ótimas! É que não tenho Photoshop, então reduzo simplesmente exportando elas do iPhoto para o Drive do computador.
    Pois é, pode comer lá mas só as refeições servidas nos corners com banquinho (que são finos e mais caros, mas ainda assim razoáveis pela alta qualidade da comida) ou comprar qualquer coisa preparada lá mesmo, mas fora desses corners, como várias das coisas que estão nas imagens do vídeo (saladas, massas, comidas internacionais etc). Até editei essa parte do post agora para deixar isso mais claro. Ah! Quando você for a Berlin (sei que você ainda vai voltar à Alemanha!), a KaDeWe é imperdível! É a “Harrods” de lá e o andar gourmet é – na minha opinião – mais legal ainda. Ele tem muuuuito mais corners para você comer lá, cada um melhor que o outro, e ao preço da Alemanha, né? Nosso hotel ficava do lado, então praticamente só comemos lá.
    Minha mãe é uma fofa, demorou para aprender a comentar, mas agora sempre deixa seus recadinhos. Já reparei os da sua mãe sim, querida também!
    Bjs

  6. […] Pensava que lá fosse o paraíso, mas o supermercado conseguiu se superar depois de uma reforma recente quando além de uma recauchutada geral eles colocaram alguns balcões para degustação de queijos e embutidos semelhantes aos da Harrods em Londres. E ah, de vez em quando eles têm na Grande Épicerie os deliciosos bolos de festa da Fiona Cairns, a confeiteira do bolo de casamento de Kate e William, também vendidos na Harrods, como falei aqui. […]

  7. […] petiscar queijos, embutidos, comidinhas com trufas, comidinhas internacionais, bem ao estilo do Food Hall da Harrods em Londres, só que menor. A cave no subsolo também é o máximo! Ah, não se esqueça de conhecer a gôndola […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[instagram-feed]