A minha versão da salada Waldorf com escalope de bife

receita-salada-waldorf

A salada Waldorf foi criada entre 1893 e 1896 no Hotel Waldorf em Nova York, atualmente Waldorf-Astoria. Tradicionalmente, ela é feita com salsão, maçã, nozes, maionese e, às vezes, alface. É uma receita clássica, simples e, ao mesmo tempo, sofisticada.

Alterei a receita, usando os dois primeiros ingredientes e mudando todo o restante. Preciso confessar: ficou de capotar e arrancou elogios dos convidados. Faça você e arrase também!

Receita de salada Waldorf

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 45 minutos

100g de queijo gorgonzola
3/4 xícara ou 175ml de creme de leite sem soro
3/4 xícara de castanha de cajú
de 1 a 2 colheres de sopa de açúcar refinado ou mascavo
de 1/2 a 1 colher de sopa de água
3 talos de salsão
1 1/2 maçã verde
suco de 1/4 de limão (opcional)
folhas verdes de sua preferência
azeite de oliva
algumas folhas de salsinha ou manjericão (opcional)
sal e pimenta do reino a gosto

250g de filé mignon ou contra filé
óleo de fritura
sal e pimenta do reino a gosto

Corte o gorgonzola em pedaços médios e coloque-o no copo do liquidificador ou mixer. Esquente o creme de leite, tire-o do fogo assim que atingir fervura, jogue-o sobre o queijo e acrescente pimenta do reino a gosto. Bata até misturar bem.

Coloque o açúcar com a água numa panela e quando o açúcar estiver caramelizando, acrescente a castanha e misture até que ela esteja coberta pelo caramelo. Caso o açúcar endureça muito rápido, acrescente um pouco mais de água. Dica: com o açúcar mascavo é mais fácil de fazer e o resultado é o mesmo.

Se você for perfeccionista, descasque o salsão, já que a camada exterior dele é um pouco mais fibrosa. Mas se você não for, não tem problema, pule esta etapa e pique ele e a maçã como preferir (cortei em cubos pequenos). Caso você demore para servir, reserve a maçã picada em um bowl com água e suco de limão para que ela não escureça.

Para temperar as folhas verdes, use azeite de oliva e sal ou faça como eu: acrescente no azeite algumas folhas de salsinha ou manjericão picadas finamente. Faço isso em todas as minhas saladas e fica uma delícia.

Para o escalope de filé, corte a carne em fatias bem finas e tempere-as com sal e pimenta do reino. Quando a frigideira estiver quente, coloque o óleo e quando ela estiver quentíssima, passe os escalopes dos dois lados, pressionando levemente. Como a carne está bem fina, cerca de 30 segundos a 1 minuto de cada lado deve ser suficiente. Se preferir, sele a peça inteira de carne na frigideira e corte-a em fatias finas depois de passadas, assim elas ficaram bem rosadas. Se usar filé mignon, finalize por 10 a 20 minutos no forno para que o interior da carne fique cozido. Veja este artigo super útil e didático sobre como selar carne aqui no blog.

No momento de servir, bata o creme de gorgonzola por alguns segundos para que ele volte a ficar cremoso. Jogue o creme sobre o escalope e toda a salada, exceto sobre as folhas verdes, que já estarão temperadas com o azeite.

Na foto deste post, o meu creme de gorgonzola não está aparecendo direito, mas ele está em volta do salsão e da maçã. Na receita da foto, acrescentei também algumas castanhas de cajú não caramelizadas, mas achei que só com as caramelizadas ficou ainda melhor.

Este é um prato ótimo para o verão, já que a salada Waldorf é super refrescante e a carne fininha fica mais leve.

Foto: Cozinha vibrante

  1. […] de gorgonzola em vez do queijo em pedaços. É que eu tinha o creme pronto da salada que postei aqui. A substituição funcionou muito bem, mas prefiro mastigar os pedaços de queijo, já que a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

[instagram-feed]