Qual é o seu tipo de vinho tinto preferido? Saiba aqui


Qual é o seu tipo de vinho tinto preferido? Saiba aqui

Aprenda a identificar os seus tipos de vinho tinto preferidos. A partir dos estilos elegante, frutado, marcante e temperado, saiba as uvas e regiões que mais te agradam.

A título de curiosidade, a foto deste post é de Saint-Émilion, linda cidade medieval da premiada Apelação comunal de Saint-Émilion na região de Bordeaux. Essa Apelação tem alguns dos vinhos Grand Cru mais excepcionais do mundo como os dos Château Cheval Blanc, Château Angelus e Château Ausone.

Elegante

Você gosta dos vinhos tintos feitos com:
– Uva Pinot Noir, originária da Borgonha, na França;
– Uva Counoise, presente em várias regiões francesas, principalmente em Côtes du Rhône e Châteauneuf du Pape; 
– Uva Zweigelt, originária da Áustria, mas presente no Canadá e Leste Europeu;
– Uva St. Laurent, também austríaca.

Elegante e temperado

Seu tipo de vinho preferido inclui:
– Região francesa da Borgonha (uva Pinot Noir);
– Região francesa de Beaujoulais (uva Gamay Noir);
– Região alemã Lemberger (uva Blaufrankish);
– Médoc, região de Bordeaux na França, com a uva Carmenère.

Temperado

Você está mais para os vinhos de:
– Região francesa de Bordeaux (blend de uvas);
– Região francesa de Chinon (uva Cabernet Franc);
– Das uvas Cannonau, um tipo de Grenache da região da Sardenha na Itália;
– Barolo, um tipo de vinho do Piemonte na Itália que usa a uva Nebbiolo;
– Da uva Syrah francesa;
– Da uva Barbera, muito comum no norte da Itália, região do Piemonte.

Marcante e temperado

Seu estilo inclui:
– Regiões de Chianti, na Toscana italiana (uva Sangiovese);
– Rioja no norte da Espanha (uva Tempranillo);
– Uva Aglianico, originária do sul da Itália;
– Uva Durif, variedade Petite Sirah, normalmente encontrada na California.

Marcante

Você gosta dos vinhos:
– De Bandol, região no sul da França (uva Mourvedre);
– Da região Super Toscana na Itália (blend);
– Da uva Cabernet Sauvignon, originária de Bordeaux, na França, mas atualmente cultivada em muitas regiões;
– Da uva Nero d’Avola, uva italiana muito comum na Sicília.

Marcante e frutado

Seu tipo de vinho preferido é o:
– Da uva Syrah, originária da França e da Suíça, mas cultivada em vários países;
– Da uva Petite Sirah, cultivada na Califórnia;
– Da uva Malbec, originária da região de Cahors na França, encontrou condições excelentes na Argentina e é cultivada na França e em vários países;
– Dos blends da apelação de Meritage, do Napa Valley, na California, produzidos ao estilo de Bordeaux;
– Da região italiana de Amarone.

Frutado

Seu estilo preferido de vinho é o de:
– Uva Zinfandel, presente na California, na Croácia com os nomes Crljenak Kaštelanski e Tribidrage e na Itália como Primitivo;
– Uva Merlot, originária da região de Bordeaux na França, mas atualmente cultivada em várias regiões como Napa Valley, Chile e Austrália;
– Uva Negroamaro do sul da Itália;
– Uva Cabernet Franc, originária de Bordeaux, mas também muito comum nos Estados Unidos e Canadá;
– Uva Sangiovese, também chamada Brunello, é originária da Itália e cultivada também nos Estados Unidos;
– Uva Barbera, originária de Montferrat na Itália, mas cultivada também no Napa Valley nos Estados Unidos, Argentina e Austrália;
– dos blends da região francesa de Côtes du Rhône.

Elegante e frutado

Seus vinhos favoritos são feitos a partir de:
– Uva Carignan, originária da Espanha, mas cultivada nas regiões do Languedoc (França), Sardenha (Itália), Algéria e Catalunha;
– Uva Grenache, originária da Espanha, mas cultivada em várias regiões do mundo;
– Uva Pinot Noir, principalmente aquelas cultivadas nos Estados Unidos;
– Uva Cinsault, originária da França, mas também cultivada na Algéria, Marrocos e Líbano. Na África do Sul, é conhecida como Hermitage e seu cruzamento com a uva Pinot Noir deu origem à famosa Pinotage.

Este post foi escrito, adaptado e completado por mim a partir do gráfico abaixo obtido no site Wine Folly, cujo link encontra-se a seguir.


Original Source: 4 Wine Styles To Rule Them All, Which one fits you?

Foto: Cozinha vibrante



Voltar
Letícia