Pasta de berinjela defumada para ninguém botar defeito


Pasta de berinjela defumada para ninguém botar defeito

Pasta de berinjela não costuma empolgar a todos, certo? Confesse: para petiscar, você prefere queijo brie empanado ou torrada com pasta de berinjela? Não preciso nem tentar adivinhar a resposta, né? Só que eu sou daquelas que gosta de tudo, principalmente de variar as receitas, os ingredientes e o teor calórico rsrs.

E uma opção de petisco light, sem glúten e sem lactose, já ganha o coração das mulheres só por essas duas características, né? Mas a verdade é que essa pasta de berinjela é tão gostosa que todo mundo adora. É só provar para gostar, juro.

O legal da receita de hoje é ela tem um ingrediente mágico e delicioso que ajuda a quebrar o amargor da berinjela. O segredo é a maçã caramelizada que casa perfeitamente com a berinjela e, por incrível que pareça, não deixa a pasta doce.

Aqui em casa a gente adora baba ganoush, a pasta de berinjela árabe. Sua receita tradicional leva berinjela, tahine (pasta de gergelim ou gergelim triturado), azeite, alho e limão. Mas, para o meu paladar, chega uma hora que o baba ganoush pronuncia o amargor – natural – da berinjela. Daí numa das minhas tentativas de suavizar esse amargor, outro dia tive a idéia de colocar um pouco de maçã caramelizada na receita. Preciso confessar que funcionou super bem. Agora só falta você experimentar!

E para dar o toque final à receita e criar o sabor “defumado” na pasta de berinjela, a solução é queimá-la no fogo, igual tem gente que queima queijo minas ou tira a pele do tomate, sabe? É só deixar a chama média e ir mudando a berinjela de posição, virando-a com uma pinça grande, um pegador de macarrão ou com duas colheres. Ela queima rapidinho e depois você morre de amores pelo gostinho defumado que fica na pasta. É uma solução fácil para os 99,99% de pessoas que não têm defumador em casa (meu caso!).

como-fazer-pasta-de-berinjela

Pasta de berinjela

Rendimento: 10 porções para petisco
Tempo de preparo: 30 minutos

:: Ingredientes da pasta de berinjela ::
2 berinjelas
1 dente de alho, picadinho ou espremido
1 colher de sopa de tahine*
2 colheres de sopa de azeite
algumas gotas de limão (prefiro limão cravo pois é menos ácido e mais aromático que o tahiti)
sal a gosto

:: Ingredientes da maçã caramelizada ::
1 maçã (costumo usar a fuji, mas funciona com qualquer uma), sem casca
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de rapadura ralada ou açúcar

* Pasta de gergelim à venda em supermercados ou empórios. Aqui em SP é bem fácil de achar, tem em quase todos os supermercados. Caso você não encontre, pode simplesmente triturar o gergelim branco. Ela fica ainda mais gostosa com o gergelim torrado, mas esse não é um pré-requisito para a pasta.

Corte o cabo da berinjela. Queime as berinjelas no fogão, cada uma em uma trempe, em fogo médio. À medida que a casca for ficando torradinha, caindo algumas cinzas, mude a posição da berinjela e vire-a para que queime igualmente em todos os lados. É melhor não usar garfo, pois ele fura a berinjela e deia escorrer o seu “suco”, o ideal é usar um pegador grande, pegador de macarrão ou duas colheres de sopa. O processo é rápido, leva cerca de 10 minutos.

Enquanto você aguarda a berinjela esfriar, pique a maçã em tiras e leve a uma frigideira com a manteiga e a rapadura ou açúcar. Mantenha o fogo médio e mexa de vez em quando, até a maçã caramelizar. Leva cerca de 5 minutos, dependendo da espessura das tiras de maçã.

Com a ajuda de uma faquinha, retira a casca das berinjelas. Coloque-as no processador ou liquidificador com o tahine, o alho e a maçã caramelizada (se quiser, reserve algumas tiras de maçã inteiras para colocar depois da pasta batida). Bata até atingir a consistência que você quiser. Particularmente, gosto da minha pasta pouco batida, mas se você quiser a sua bem lisinha, é só bater mais um pouco. Depois de batido, despeje em uma tigela e acrescente azeite, limão, sal e as tiras inteiras de maçã, caso tenha reservado.

Sirva a pasta de berinjela com torradinhas e queijo brie.

Fotos: Leticia Bittencourt – Cozinha Vibrante



Voltar
Letícia